Marcone Rodrigues

Sou devoto de São Geraldo e Missionário Leigo Redentorista. Na Basílica de São Geraldo participo do trabalho de evangelização, através da música e das atividades próprias dos missionários leigos Redentoristas. Com São Geraldo, aprendo a cada dia mais a ser humilde, ter fé e confiança em Deus.
São Geraldo dizia: “Aqui se faz a vontade de Deus”. Levo no meu coração essa mensagem e agradeço a Deus todos os dias por minha vida. São Geraldo é muito importante para mim. Por sua intercessão, já alcancei várias graças de Deus. Quando eu tinha 4 anos de idade, teria que fazer uma cirurgia na perna, meus pais recorreram a São Geraldo e fiquei curado sem precisar da cirurgia. Aos 7 anos de idade, meus exames médicos acusaram sopro no coração. Recorremos a São Geraldo fazendo uma novena, e, mais uma vez, fui curado, sem a intervenção cirúrgica. Por diversas vezes, São Geraldo intercedeu por mim e continua intercedendo. Como aprendi com meus pais a ser devoto de São Geraldo, hoje, ensino ao meu filho a ser, também, devoto dele. São Geraldo faz parte da minha vida! VIVA SÃO GERALDO! Amém!


Marcone Rodrigues
Curvelo/MG

José Deniac

Falar sobre a presença de São Geraldo em minha vida, é relembrar minha infância, quando meu pai a cada ano trazia os pãezinhos de São Geraldo para distribuir a toda família e colocava um junto à lata de arroz, afirmando que tal gesto de fé seria importante para que nunca faltasse alimento em nossa casa. Desde então eu já caminhava próximo a Geraldo e contava com sua intercessão.
Porém, só aos 18 anos, como jovem paroquiano da Igreja da Glória/MG, fui me interessar sobre a vida dos santos redentoristas, e assim, conheci a história de São Geraldo. Me deparei com um livro, escrito por Pe. Braz Delfino, C.SS.R., com o título “São Geraldo Majela”, e me encantei com a trajetória desse homem de Deus, desde a sua infância, brincando com o Menino Jesus e recebendo a Eucaristia das mãos de São Miguel Arcanjo, até a sua entrada na Congregação Redentorista, onde demonstrou tamanho grau de intimidade com Deus, realizando inúmeros milagres e citando frases marcantes que nos auxiliam no caminho da santidade.
Outra grande obra que tive a oportunidade de ler e que intensificou ainda mais minha paixão pela caminhada de Geraldo, foi o livro “O Bêbado de Deus” do grande escritor e poeta brasileiro Gerardo Mello Mourão, que narra de forma literária e poética importantes passos da trajetória de São Geraldo.
Sendo assim, fui mergulhando e adquirindo mais conhecimento desse mistério de Cristo que envolvia a vida de São Geraldo. Tal experiência fortaleceu minha fé e aumentou meu amor por Jesus Cristo.  
No ano de 2004, centenário de sua canonização, pedi a intercessão de São Geraldo para passar no vestibular e obtive a graça de ingressar numa Universidade Federal.
São Geraldo me inspira a viver uma espiritualidade cristã, autêntica e compromissada com a evangelização dos mais pobres e desfavorecidos, e além dos seus prodígios e palavras, a sua entrega total a Deus, de em tudo que eu fizer, que seja feito para Deus e por Deus.

José Deniac (MLR/Juiz de Fora)
Paróquia Nossa Senhora da Glória

SÃO GERALDO NO MEU CAMINHO

Basílica de São Geraldo

Site desenvolvido usando tecnologia Wix

Todos os direitos reservados.

  • YouTube
  • Instagram - White Circle
  • Facebook - White Circle