A Liturgia na Vida

O lugar de Maria na Missão Redentorista


Caríssimos devotos de Maria e de São Geraldo.

Nossa Senhora Mãe do Perpétuo Socorro

No ano de 1865, o Papa Pio IX confiou a devoção e a propagação do Quadro Milagroso da Mãe do Perpétuo Socorro aos Missionários Redentoristas. Com esta recomendação: “Façam-na conhecida no mundo inteiro”, começou a história de como carinhosamente Nossa Senhora Mãe do Perpétuo Socorro tornou-se a padroeira das Missões Redentoristas. No dia 27 de junho celebramos o seu dia.

O nosso pai fundador, Santo Afonso, quis que sua Congregação tivesse um afeto e uma devoção fervorosa à Nossa Senhora. No Brasil temos várias fundações redentoristas. Os pioneiros holandeses, que chegaram no Brasil em 1893, e também os da Alemanha, que chegaram em 1894, trouxeram a devoção do Ícone da Mãe do Perpétuo Socorro para suas fundações e a levaram em suas primeiras missões.

Os holandeses difundiram a devoção mariana através das novenas missionárias e nas primeiras missões. Já os redentoristas da Alemanha, logo no início de suas missões no Estado de São Paulo, levaram o quadro, porém, por residirem em Aparecida, sentiram-se que deveriam divulgar aquela que se tornaria no futuro a Padroeira do Brasil, Nossa Senhora Aparecida. Eis a razão de nós redentoristas de São Paulo levarmos nas missões a Imagem de Nossa Senhora Aparecida.

No documento Evangelii Gaudium (Alegria do Evangelho), o Papa Francisco descreve o lugar de Maria na missão como “Estrela da Evangelização” e a “Mãe do Evangelho Vivente” (EG 287). A Missão Redentorista sempre destacou Maria como “Estrela da Evangelização”. Todo o momento mariano que fazemos procuramos destacar o papel fundamental de Maria na obra da Redenção, ressaltando-a como modelo de perseverança na missão, da escuta do Evangelho e a companheira que vai à frente.

Nossas Missões formam comunidades evangelizadoras e integradoras como pequenas igrejas vivas, proféticas e ministeriais, onde todos são servos como Maria, que foi a grande serva de Deus. O missionário Redentorista, Padre Ronaldo, costuma dizer que “a Maria reúne todas as características que um discípulo-fiel possui no seguimento a Jesus para dar continuidade a sua missão”. Numa missão adjente que ele fez em Moçambique (África), Maria foi, no seu entender, o rosto feminino de Deus numa cultura que sobressalta aos olhos a força da hegemonia machista que não permita as mulheres serem protagonistas na sociedade, Igreja e na família.

De fato, a figura de Maria, especialmente a Mãe do Perpétuo Socorro, faz com que todos sejamos uma família indistintamente e que todos se comprometem com a dinâmica da vida, visando os seus direitos e a sua justiça. É o desejo de Deus, do seu Filho Redentor e com a força do Divino Espírito Santo.

Na pregação das Santas Missões Redentoristas, como sempre, você pode ver a divulgação do Ícone da Mãe do Perpétuo Socorro. Os confrades das províncias Rio de Janeiro (RJ) Campo Grande (MS) e Porto Alegre (RS) e das (Vice) Províncias Recife (PE), Fortaleza (CE) e Amazonas (MA) realizam novenas missionárias, procissões e horas marianas com o Ícone, para que, como filhos, enxerguemos na Mãe o seu olhar apontando-se a Jesus, nosso irmão, centro da vida e nosso Perpétuo Socorro.

Por fim, onde há redentorista no mundo, em nossos conventos, seminários, obras sociais e em nossas igrejas, existe um quadro da Mãe do Perpétuo Socorro. Nestes lugares, Ela também se sente missionária, carreando-nos em seu colo fraterno.

Gente boa, tenha em sua casa um altarzinho dedicado à Nossa Senhora. Acenda uma vela em suas orações e reze para que seja firme e perseverante em sua caminhada na família e na comunidade de fé.

Entendendo, agora, o quando Maria tem seu lugar na missão, rezemos juntos esta oração:


Vós fostes a serva fiel de Deus-Pai, colaborando com Cristo na libertação total da humanidade. Assisti, pois, nossa missão, nossas comunidades missionárias, às famílias necessitadas de vosso auxílio, os missionários e missionárias pelo Batismo. Vós, ó Dulcíssima Esperança, tendes a missão de trazer Cristo Libertador ao mundo e de fazer-nos participantes de sua Vida, Morte e Ressurreição. Dá-nos, a paz e a perseverança no amor aos nossos irmãos que Jesus, o nosso Perpétuo Socorro, nunca deixou de ter. Rogai por nós hoje e sempre! Amém.












Pe. Denis Francisco Rosa Oliveira, C.SS.R.

Curvelo/MG

0 visualização

Basílica de São Geraldo

Site desenvolvido usando tecnologia Wix

Todos os direitos reservados.

  • YouTube
  • Instagram - White Circle
  • Facebook - White Circle