Missa de abertura do Ano SPES


No sábado, dia 04 de março, aconteceu a abertura do ano SPES, uma das etapas de formação da Província do Rio. Neste ano o SPES está localizado em Curvelo, e tem como formador o Reitor da Basílica, Pe. Edson Alves, C.SS.R.. Durante a celebração, que contou com a participação do Superior provincial, Pe. Américo, e dos formadores Pe. Fagner da comunidade Santo Afonso e do Pe. José Maurício, da comunidade São Clemente, Pe. Edson apresentou à assembleia o seminarista Marcos Antônio, que residirá na comunidade curvelana por este período. Participaram também da celebração os Padres da comunidade local: Pe. Lúcio Bento, C.SS.R, Pe. Fonseca, Pe. Ivo e Pe. Assis, que foi um dos idealizadores dessa etapa formativa.

O Informativo A Caminho com São Geraldo conversou um pouco com o

seminarista Marcos, vejam a entrevista:

Inf. A Caminho com São Geraldo: Quais são as suas origens? Conte-nos um pouco do seu despertar e caminho vocacional.

Marcos Antônio: Sou natural de Guaçuí, extremo sul do Estado do Espirito Santo. Meus pais, Antônio Acácio e Ana Maria, sempre tiveram uma participação ativa na Igreja, atuavam nas atividades pastorais de nossa paróquia, assim, eu também segui esse caminho. Desde os 8 anos eu já tinha o desejo forte de ser padre. Em 2006, estando no Rio de Janeiro capital para um tratamento de saúde, tive a oportunidade de conhecer a paróquia Santo Afonso, na Tijuca, que é de fundação Redentorista. Já de volta a Guaçuí, conversando com uma amiga sobre a essa experiência, ela me contou que tinha um irmão que vivia no Rio e que participava dessa paróquia. Em uma visita a nossa cidade, ela nos apresentou, ele me falou bastante sobre o Carisma Redentorista, e eu expressei meu desejo em ser padre, desse modo, ele retornando para o Rio levou meus dados para o assessor vocacional da época, o Ir. Afonso José. Assim comecei a fazer o acompanhamento com a Congregação Redentorista, já sendo acompanhado pelo Pe. Mauro, C.SS.R. Em 2009 dei início a minha caminhada formativa na comunidade Vocacional Santo Afonso em Juiz de Fora. Lá conclui o ensino médio. Em seguida iniciei os estudos de filosofia, nesse momento morando na comunidade Vocacional São Clemente, também em Juiz de Fora. Me formei no ano passado, e agora, inicio o ano SPES em Curvelo.

Inf. A Caminho com São Geraldo: O que mais lhe chamou atenção na Congregação redentorista?

Marcos Antônio: A princípio, a vida comunitária me chamou muito atenção. Não me vejo morando sozinho como um padre diocesano. Depois, e agora de maneira mais forte, o carisma missionário. Já tive a oportunidade de participar de diversos trabalhos missionários e é algo que gosto bastante, não consigo ver minha vocação distante do carisma missionário.

Inf. A Caminho com São Geraldo: O que é o ano SPES?

Marcos Antônio: O ano SPES – Síntese Pessoal de Experiências Subjetivas- é um tempo de pausa nos estudos para que possamos fazer uma síntese de nossa caminhada vocacional, para rever nossos passos, nossas escolhas. Citando Pe. Dalton um dos idealizadores do SPES, “é o tempo dos três ‘esses’: Solidão, Solidez e Solidariedade, um tempo para viver e fazer seu caminho pessoal sozinho e perceber se é isso mesmo que você deseja”. Um período em que podemos nos dedicar mais a leitura sobre espiritualidade, a vida de oração, proporcionando assim, um terreno fértil para refletir sobre nossa caminhada vocacional.

Inf. A Caminho com São Geraldo: Você já conhecia Curvelo e a Basílica de São Geraldo?

Marcos Antônio: Já estive em Curvelo durante a oitava de São Geraldo com a minha turma do Seminário Santo Afonso e depois com a JUMIRE (Juventude Missionária Redentorista). A festa muito me impressionou devido a significativa expressão fé dos milhares de romeiros que aqui se dirigem todos os anos. Tive oportunidade de ajudar na exposição sobre a vida de são Geraldo, na distribuição de material de promoção vocacional, foi uma experiencia muito boa.

Inf. A Caminho com São Geraldo: Quer deixar uma mensagem para nossos leitores?

Marcos Antônio: Sim, especialmente para os jovens que nos acompanham. Se algum de vocês sente o desejo de a caminhada vocacional, não desanimem, vale a pena! Eu não me arrependo de ter feito essa escolha, já são nove anos de caminhada, de muito crescimento e aprendizado. E para aqueles que não se sentem chamados para a vida religiosa, mas que desejam participar da vida pastoral da Basílica, sintam se convidados, venham participar conosco!


90 visualizações

Basílica de São Geraldo

Site desenvolvido usando tecnologia Wix

Todos os direitos reservados.

  • YouTube
  • Instagram - White Circle
  • Facebook - White Circle