Basílica de São Geraldo

Site desenvolvido usando tecnologia Wix

Todos os direitos reservados.

  • YouTube
  • Instagram - White Circle
  • Facebook - White Circle

Beleza da Vida / Louvar a Deus

06/09/2019

“Viver e não ter a vergonha de ser feliz... cantar e cantar a beleza de um eterno aprendiz.”

(Gonzaguinha)

O Cristianismo é transcendente, mas baseado no aqui e agora. O desenvolvimento do ser humano e do mundo é passo primordial para com a transcendência. O homem não pode negligenciar o desenvolvimento aqui e agora, cuidando apenas do além, da vida eterna. Não é egoísmo não. O contrario é que seria pecado, que retarda o Reino. Não valorizar as qualidades humanas, que fazem a vida bonita, seria, no mínimo, uma indelicadeza para com o Criador.
Vamos fazer juntos uma caminhada pela estrada das qualidades humanas, guiados pela “Academia de Inteligência de qualidade de Vida”.
Qualidades de vida: 
- Assumir conscientes a própria história... não ser joguete do contexto social.
- Saber apreciar o belo no irmão, em si mesmo, na natureza... sobretudo o bela da vida. 
- Libertar-se da monotonia de um quotidiano repetitivo e enfadonho... esse quotidiano é importante, pois nele vai se formando o homem e o cristão.
- Valorizar o sono tranquilo e repousante... resultado positivo para a saúde física e espiritual, para a eficiência profissional e o empenho pelo Reino de Deus.
- Controlar a mente, não ficar vagando pelo mundo das ilusões e sonhos.
- Administrar a vida emocional... não ter medo de ouvir um não... ter tranquilidade para ouvir uma crítica, ou para dizer “perdão”.
- Trabalhar o próprio filme da memória... repensando consciente, numa espécie de mesa redonda do Eu.
- Inteligência existencial... suportar os conflitos existenciais.
- Saber fazer silêncio para ouvir a si mesmo e o Espírito Santo.
- Encontro pessoal com o irmão, para dialogar... ter consciência de que cada ser humano é um mundo a ser explorado, cada pessoa tem riquezas escondidas, mesmo os fracassados. 
- Contato pessoal com o pobre, para exercer a misericórdia e sentir com ele. 
Deus nos deu a vida para cuidar dela, para fazê-la feliz, bonita e agradável para todos.
É o que nos lembra o cantor e compositor popular Gonzaguinha:
“Ai, meu Deus, eu sei que a vida devia ser bem melhor, e será, mas isto não importa, que eu repita: é bonita, é bonita”.

 


Pe. Jésu Assis, C.SS.R.
Curvelo/MG

Compartilhe no Facebook
Please reload

Últimas notícias

31/10/2019

Please reload