Basílica de São Geraldo

Site desenvolvido usando tecnologia Wix

Todos os direitos reservados.

  • YouTube
  • Instagram - White Circle
  • Facebook - White Circle

FALECIMENTO DO PE. ALBERTO LIMA, CSsR

30/07/2019

PADRE ALBERTO FERREIRA LIMA

* 18/02/1923 + 31/07/2019

75 anos de Profissão Religiosa

70 anos de Ordenação Presbiteral

96 anos de vida

O Pe. Alberto Ferreira Lima nasceu no dia 18 de fevereiro de 1923, em Desterro de Entre Rios. Filho de Cândido José de Lima e de Nezolda Ferreira Lima, teve ainda mais oito irmãos. Sua família, muito católica, teve a graça de quatro filhos religiosos. Primeiro, Pe. Lima. Depois duas irmãs e por fim, seu irmão e também confrade redentorista, Pe. Geraldo Lima.

 

Em entrevista, Pe. Lima conta que, aos 9 anos de idade, participou como coroinha de uma missão pregada pelos Padres Redentoristas e, na época, o Pe. João Muniz – depois bispo da diocese de Barra do Rio Grande – perguntou para as crianças, quem gostaria de ser padre. O menino Alberto Lima então respondeu: “eu sempre quis ser padre, nunca pensei em ser outra coisa”. A partir daí, Pe. Muniz tratou do assunto com seus pais, e no dia 02 de agosto de 1936, ele entrava para o Juvenato Redentorista em Congonhas.

 

Sua vestição aconteceu no dia 01 de fevereiro de 1943, sua Profissão Religiosa no dia 02 de fevereiro de 1944, ambos em Juiz de Fora (MG). Seus Votos Perpétuos aconteceram no dia 15 de fevereiro de 1947 no Seminário da Floresta e sua Ordenação Sacerdotal aconteceu na Igreja da Glória, em Juiz de Fora, no dia 02 de fevereiro de 1949.

 

Pela província, estudou no Juvenato entre os anos de 1936 e 1942. Fez Noviciado em Juiz de Fora no ano de 1943. Seu Estudantado (filosofia) iniciou-se em 1944, em Tiete, SP, porém terminou seus estudos filosóficos no recém-inaugurado Seminário da Floresta. Na verdade, a turma do Pe. Lima se mudou para o Seminário antes dos términos das obras. Em 1981, Pe. Lima ainda foi convidado para realizar um curso de Reciclagem Teológica na Bélgica, onde ficou por um ano.

 

Atuou em várias frentes dentro da Congregação. Em janeiro de 1950, foi designado para professor e auxiliar do diretor no Juvenato São Clemente, em Congonhas. No ano de 1952, foi nomeado para diretor do recém-inaugurado Juniorato Santo Afonso, em Congonhas. Logo no ano de 1955, foi nomeado como diretor do Juvenato São Clemente, cargo que ocupou até o ano de 1961, quando foi nomeado Pároco da Paróquia Santo Afonso, no Rio de Janeiro. Com pouco tempo no Rio de Janeiro, foi nomeado, em 1962, para Mestre Noviço em Correia de Almeida, MG. No ano de 1965 foi Consultor Provincial, Reitor e Pároco da Igreja da Glória.

 

Com a Renúncia do Provincial Pe. Penido, assumiu, a função de Provincial no ano de 1967. E no ano de 1968, foi o primeiro provincial a ser eleito dentro Província do Rio – a saber, antes, os Provinciais eram indicados pelo Governo Geral. Pe. Lima assumiu a função de Provincial em um momento muito difícil. A Província passava por crise financeira e crise na vida religiosa. Mas Pe. Lima permaneceu na função até o final de seu mandato em 1972.

 

Terminado seu mandato como Provincial, Pe. Lima retornou a residir em algumas casas, em 1972, tornou a Paróquia Santo Afonso e em 1976 a Paróquia da Glória. Atuou ainda como responsável pela Casa de Retiros São José, em Belo Horizonte, mais tarde sendo vigário paroquial na Igreja São José. Também foi reitor na Basílica São Geraldo, em Curvelo e atuou em Campos do Goytacazes. No ano de 2003, com a saúde bastante comprometida, foi tratar-se em Belo Horizonte, onde permaneceu até o dia de seu falecimento.

 

Faleceu no Hospital Madre Teresa, no dia 30 de julho de 2019, às 8h07, vítima de pneumonia.

 

Que o Padre Alberto Lima descanse em paz e receba a coroa da glória junto ao Redentor, Jesus Cristo, nosso Senhor!

 

http://www.provinciadorio.org.br

Compartilhe no Facebook
Please reload

Últimas notícias

10/12/2019

04/12/2019

Please reload