PE. IVO, AMIGO DOS POBRES E DAS CRIANÇAS!


» Pe. Luciano Silveira Ivo nasceu em 16 de julho de 1940 em Curvelo/MG. Filho de Joaquim Ivo e Maria José Silveira. Foi batizado pelo redentorista Pe. Geraldino Polmann, no Santuário de São Geraldo, hoje Basílica, onde foi coroinha.


» Antes de completar seus 14 anos de idade, ingressou no Seminário Redentorista, em Congonhas do Campo/MG, onde fez o Juniorato e Juvenato. Depois desses 06 de formação, foi para o Noviciado, que se iniciou em Juiz de Fora e terminou em Correa de Almeida. No dia 25 de janeiro de 1962, fea sua Profissão Religiosa, tornando-se um Missionário Redentorista. No Seminário da Floresta, cursou Filosofia e Teologia e foi ordenado Sacerdote em 02 de julho de 1967, na Catedral de Juiz de Fora.

» Praticamente dedicou toda a sua vida nas Missões Inseridas, residindo nas periferias e regiões desafiantes em todas as dimensões, formando Comunidades Eclesiais de Base, Grupos de Reflexão, Círculos Bíblicos e Pastoral da Criança. Muito contribuiu para com as pessoas mais carentes, através dos métodos de Saúde Alternativa, como o uso de barro, chás, etc.


» Lugares onde foi Missionário:


Três Pontas, Vitória, Timóteo, Santa Maria de Italbira, Grão Mogol, Rio Pardo de Minas, Jequitaí, Montes Claros, Cariacica, Belo Horizonte (Bairros Jardim Leblon e Copacabana), Coronel Fabriciano, Curvelo.


» Outros trabalhos missionários:

Secretário de Pastoral da Província do Rio de Janeiro, Coordenador das CEBs, Formador dos Seminaristas em Três Pontas e dos Estudantes de Teologia em Belo Horizonte,, Superior da Comunidade Redentorista em Coronel Fabriciano.


*Trabalhou muito com os Vicentinos, Liga Católica e Apostolado da Oração.


Características marcantes do Pe. Ivo:


- Homem de profunda oração e interiorização,

- Despojamento e simplicidade de vida,

- Sempre disponível,

- Acolhedor e próximo às pessoas, principalmente às mais simples,

- Inteligente e estudioso, possuía dons artísticos,

- Sensível aos sofrimentos e dificuldades das pessoas. Sabia escutar o outro. Atenção especial aos doentes,

- Uma presença agradável e enriquecedora.


Dizia sempre:

“O Missionário não cria raízes, chaga dizendo que vai embora”




2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Basílica de São Geraldo

Site desenvolvido usando tecnologia Wix

Todos os direitos reservados.

  • YouTube
  • Instagram - White Circle
  • Facebook - White Circle