Salva tua alma / Salva teu irmão


“Não aparece a vida cristã sob uma luz inteiramente diferente quando o axioma “Salva tua alma “é entendido espontaneamente e sem querer como “Salva teu irmão”?

(Karl Rahner)

Deus criou-nos por amor, tornou-se um de nós por amor, assumiu o nosso mundo como o seu mundo e seu reino e prometeu, em Jesus, levá-lo à uma plenitude de vida. A pré-condição para essa plenitude é a libertação, na história, de todas as situações de morte: miséria, fome, doença, escravidão, etc. é a missão dos discípulos de Jesus.

Dos teólogos que refletiram nesta linha de uma escatologia que liberta assumimos 5 princípios orientadores:

1- A Salvação é conceito escatológico, transcendente e implica a totalidade do mundo. É um processo de transformação das estruturas de morte, frutos do pecado, em estruturas de vida, nos caminhos de Jesus, rumo a uma plenitude que virá de Deus. 2- A opção pelos pobres faz parte essencial do comprometimento com o reino. Deus Goel (defensor) convoca o homem a ser também Goel dos sem defesa. Deus não pode reinar sem fazer justiça aos pobres.

3- A salvação realiza-se primeiro na história, dentro da realidade deste mundo. A esperança escatológica não pode diminuir o empenho nas tarefas terrenas de libertação, pois o que virá de Deus está baseado nas realizações humanas.

4- O processo de libertação chegará necessariamente à plenitude, pois é iniciativa de Deus, mas sofre retardamentos, altos e baixos, porque tem a participação do homem limitado e pecador; é conflitivo, porque forças contrárias à transformação das estruturas do pecado usam até argumentos religiosos e teológicos, porque delas tiram proveito.

5- O crescimento autêntico do mundo (espiritual e material) é também crescimento do Reino: a escatologia transformadora baseia-se na verdade fundamental da correlação mundo-reino de Deus: Deus fez, em Jesus, o nosso mundo o seu mundo, o seu reino, para levá-lo à plenitude.

Desta visão de uma missão libertadora no amor resulta o entendimento do tradicional axioma “Salva a tua alma!” à luz do “ Salva teu irmão!”.

Pe. Jésu Assis, C.Ss.R.


2 visualizações

Basílica de São Geraldo

Site desenvolvido usando tecnologia Wix

Todos os direitos reservados.

  • YouTube
  • Instagram - White Circle
  • Facebook - White Circle