COMEÇA A OITAVA DE SÃO GERALDO


Carlos Heitor Cony, em crônica publicada na Folha de S. Paulo, revelou-se perplexo com os inúmeros milagres operados por São Geraldo Majella ainda em vida terrena. Certa vez, São Geraldo voou distância de quilômetros, para espanto de várias testemunhas. Não era um pássaro. Não era um avião. Não era o super-homem. Era Geraldo Majella mesmo! Isso em pleno século das Luzes ou do Iluminismo! Quem relata tal fato? O brilhante intelectual Gerardo Mello Mourão, no livro "O Bêbado de Deus" (Green Forest do Brasil). Euzinho aqui, no entanto, sou impressionado é com a força de São Geraldo hoje, quase trezentos anos depois de sua "morte". Foi impossível contar o número de veículos no cortejo que abriu a Oitava Geraldina na tarde-noite deste sábado. O ponto culminante da Festa, realizada há mais de cem anos, será dia 2 de setembro, com procissão luminosa e bênção papal. A Basílica de Curvelo, única no mundo dedicada exclusivamente ao Santinho das crianças e dos injustamente acusados, é centro de peregrinações o ano inteiro, mas o é especialmente nesta época. São Geraldo Majella é, sem dúvida, uma das mais raras joias do Hagiológio.

Fotos: Olhar Filmes

#oitava #saogeraldo #festa

0 visualização

Basílica de São Geraldo

Site desenvolvido usando tecnologia Wix

Todos os direitos reservados.

  • YouTube
  • Instagram - White Circle
  • Facebook - White Circle